sexta-feira, 11 de junho de 2010

Reportagem sobre o Brasil em Jornal Francês.

Semana de abertura da copa do mundo, o que não falta é assunto sobre os jogos, e adivinhem de quem até os franceses não param de falar? BRASIL! Meu/nosso amado pais recebeu 3 paginas de reportagem em um dos jornais mais conhecidos aqui na Grande Paris: O “Direct Soir” especial esporte. Ele é distribuído nas estações de metrô e lido por mais de 1 milhão e meio de pessoas cada dia.

Vamos la, Paloma e Truck Long (meus professores de francês), vejam minha tradução e DEUS queira que eu não tenha errado nada! Rsrs


COM OS OLHOS NOS "DEUSES"

< Entrar no universo intimo dos brasileiros, é como entrar no universo do santo dos santos.>

Em exclusividade, Kaká, Robinho e os outros jogadores do Brasil aceitaram abrir as portas do vestiário e de suas intimidades esportivas, do qual o acesso permanece, normalmente, estritamente privado.
Descubra os bastidores do “Auriverde”, como se você fosse... membro da seleção!


 Alguns dizem que o Brasil perdeu seu charme e espontaneidade. Outros estimam que é preciso saber viver com seu tempo e se adaptar ao futebol moderno. Com sua defesa, trancada a duas voltas, o Brasil 2010 não leva necessariamente o estilo de jogo que a imagem popular faz da seleção auriverde. Eles continuam com a magia e a fascinação que sempre tiveram.
Monumento do futebol mundial, o Brasil continua a única nação do planeta a ter disputado em integralidade as fases finais da copa do mundo, com 19 participações sobre 19. Melhor, podem se orgulhar de portar sobre seus ombros o uniforme amarelo de maior numero de vitorias em copa do mundo, com cinco títulos [58, 62, 70, 94, 02]. Série em andamento.

Um rito inalterável.
Entrar no universo intimo dos brasileiros, é como entrar no universo do santo dos santos. Dentro de um ambiente de adoração inviolável e quase místico onde o futebol e a religião vivem juntos. Onde o espírito que reina ultrapassa o simples contexto do futebol. Desvendar os pequenos segredos do vestiário, observar os últimos atos e gestos nos corredores que os levam ao seu terreno de expressão: todos os amantes da bola sonharam, sem jamais captar uma única imagem. Se não são algumas migalhas em raras ocasiões.
A quatro dias de sua estréia, com o jogo contra a Coréia do Norte [terça dia 15 as 20h30 (horário da França)] O Jornal Direct Soir/Sport e a Nike te oferecem um sonho acordado, a través de alguns flashs exclusivos realizados durante as ultimas partidas de preparação da seleção brasileira. Na África do Sul, o rito será inalterável. As expressões, idênticas. Os jogadores, concentrados ao extremo. A tensão, palpável. Bem vindos ao grande mundo.


COMO DENTRO DE UM SONHO
Lateral esquerda da seleção, Michel Bastos é o mais francês dos brasileiros. Em espera de nos fazer viver seu mundial do interior (a contar da próxima semana), o jogador do time de Lyon (aqui na França) revela suas expectativas e ambições.


 Você concorda com a opinião de Michel Platini, que diz que o Brasil é um dos três favoritos deste mundial, juntamente com a Espanha e Inglaterra?
Claro! Deixando nossas individualidades de lado, nós temos sobretudo um grupo que esta em vigor desde muito tempo, que vive bem, e é por isto que temos resultados positivos no final. Agora, nós não sabemos o que pode se passar. Eu desconfio, por exemplo, das equipes africanas. Sobre seu continente, eles podem ser o nosso “estraga prazer”...

 O mínimo que podemos dizer, é que seu grupo é bem relevante...
Isto pode ser duro, sim. Portugal com Cristiano Ronaldo, Costa do Marfim poderá contar com Drogba (ferido no braço, ele estará apto a jogar daqui dez dias)... Mas nós somos obrigados a nos classificar, por que no Brasil, nos estaremos mortos se não passarmos desta primeira rodada! La, você sabe, a vida para durante a copa do mundo...

 Quando você era criança, quem era teu ídolo?
Em 1994, eu queria ser Romário, os outros escolhiam Bebeto... Enfim, estar nesta equipe para um mundial, é mágico.

 Nós temos a impressão de que você ainda não esta acreditando em tudo isso...
Eu confesso que, durante a minha primeira seleção, eu estava um pouco intimidado. Olhava para a direita, esquerda e só via estrelas... Mas hoje, eu me sinto mais confortável. Bem, isso não impede que Robinho continue a me impressionar. É realmente muito bom o que ele faz! Ele vai fazer uma grande copa do mundo, vocês vão ver...

 Você vê neste mundial um duplo objetivo de brilhar com o Brasil e seduzir um grande clube europeu?
Eu sempre tento mostrar minhas qualidades. Após, é claro que uma copa do mundo pode abrir portas, mas na próxima temporada, eu ainda tenho coisas para fazer em Lyon.

 Falando no Lyon, qual o olhar que você tem na sua equipe aqui na França, de seus parceiros Govou, Toulalan, Lloris e Réveillère?
Na França, as pessoas não crêem muito nesta equipe, mas ela tem qualidades, com um grande goleiro, talvez o melhor do mundo... Ela estará de encontro, eu espero isto, mesmo. Após tantas temporadas aqui, e embora tenha muitas vezes feito mal a “Seleção”, eu aprendi a amar a França...

 Então, a ferida da final perdida em 1998 esta fechada?
Vocês, franceses, ficam lembrando a toda hora deste jogo. Já se fazem mais de 10 anos! Nós, já passamos por outras coisas. Inclusive, ganhamos a seguinte, e esperamos fazer o mesmo nesta copa!

SEUS ADVERSARIOS NA LUPA

Coréia do Norte
Pontos Fortes: equipe técnica, movimento continuo
Pontos Fracos: táticas ultra-defensiva, falta de impacto físico

Costa do Marfim
Pontos Fortes: Jogadores evoluindo dentro dos melhores times europeus (Eboue, K. Toure, Y. Toure, Kalou).
Pontos fracos: O goleiro de inicio (Barry), o ferimento de Drogba

Portugal
Pontos fortes: seus talentos individuais (C. Ronaldo, Deco, Ricardo Carvalho)
Pontos fracos: nem sempre um ataque eficaz, a falta de ritmo de certos titulares (Pepe, Ferreira)




Um comentário: